sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Meu Filho, Meu Tesouro!

Lembro-me tão bem daquele dia, e do impacto que o eco do Teu primeiro choro causou na minha vida.
O meu “boneco” já não era de borracha, cuidar dele já não era um faz-de-conta, e afinal… eu já não era uma “criança”.
Tinha, sobre o meu peito, a Vida que tinha gerado, e sob o meu peito um coração a “rebentar” de Amor. De uma nova, pura e incondicional forma de Amar.
E quando os Teus olhos, do azul mais lindo que já vi, pousaram nos meus, e a Tua pele macia tocou a minha, Tu, que havias saído de mim, (re)entraste por todos os poros do meu corpo.
A partir dali, soube que tudo mudaria...
E mudou!
Lembro-me das histórias de família que criei... do Teu cheiro a bebé que me transportava para um aconchego até então desconhecido... Da responsabilidade de deter nas minhas mãos o "cuidar" de uma vida, que sendo Tua, era minha...
Cuidei, cuidei como soube e pude! Talvez não tenha sabido tudo, talvez pudesse mais... Talvez...
Hoje, quase consigo ver nas Tuas costas um par de asas que abres para voar "sozinho", e a par do orgulho que sinto pela Tua maioridade, não consigo deixar de sentir uma tremenda nostalgia… Nostalgia daquele tempo de sonhos.
Mas os Teus olhos continuam azuis (do azul mais lindo que já vi), a Tua pele continua macia, e os meus poros, ah… os meus poros… Continuam repletos de Ti!
Hoje, só quero que persigas os Teus próprios sonhos, e os alcances. Que sintas, todos os dias da Tua vida, o equivalente à felicidade que eu senti em alguns dias da minha…

Sobretudo, no dia em que nasceste!

Parabéns meu Amor Maior!

11 comentários:

Exploradora disse...

É bom ver este blog Vivo, novamente. E reco~meçou com o tema que é mais belo...o Amor. O Amor pelos filhos, incondicional, puro, transparente, ousado, duro, por vezes, mas sempre abundante!
Parabéns ao filho e parabéns à mãe!
Ao filho, pela mãe que tem. E à maãe pelo filho que gerou e criou, e ajudou a ser quem é.

Beijinhos saudosos!

BEL disse...

Voltaste......que bom
Tens um filho lindo,a foto foi bem escolhida, parabéns para os dois é pena eles crescerem tão depressa e deixarem tantas saudades deste tempo

beijos

Bel

Secreta disse...

Amor ÚNICO .
É isso , um Amor Unico e instransmissivel.

Luis Santos disse...

Fazes como sempre soubeste fazer.......chorar, não pela dor, não pela mágoa, mas pela forma como escreves e sentes o amor.

Beijos com saudade para além do teu afastamento ....aqui e em todo o lado.

frAgMeNtus praia disse...

minha querida, que saudades tuas!

tenho pensado em melgar-te por sms e acho que já nem vou esperar mais pk ao ler este post, transparece mesmo a boa alma que tens, o sentido de responsabilidade e a capacidade de amar que tens.

parabéns ao filhote e à mãe kida que tem.saúde, amor e prosperidade é o que desejo!!!

bjs grnds luz e paz

☆Fanny☆ disse...

Querida Babes!

Que linda homenagem! Abençoada foste por seres mãe e por nutrires este sentimento de amor por um filho!
Emocionei-me ao ler as tuas palavras porque também eu as sinto da mesma forma.
Tenho uma filha, quase com 16 e é a minha alegria, o meu tesouro mais valioso!

Um abraço com muito carinho*

Fanny

Isabelica disse...

Até que enfim regressas!! E que bem que me faz á alma ler o que escreves, PARABÈNS MÃMÃ! O tempo passa (e dizem tudo cura) é um facto, mas ao ler este teu apontamento fez-me recordar tanta coisa..tanta coisa boa e tanta saudade...
Um abraço muuuuuiiiito "gande" e beijinhos também (agora com o H1N1) dizem que é perigoso!)

Maria, Simplesmente disse...

Lindo texto que só uma mãe sabe escrever!
Este é o AMOR que não morre.
Bj

filipa disse...

O teu bebé é maravilhoso!
Lindissimas palavras que lhe dedicaste...

Parabéns (atrasados) ao pequeno, e à mãe.

Sarah disse...

O Amor de mãe é inigualável, incomensurável.
Lindo bebé! Beijinhos nos dois*

free_soul disse...

Deixei um selo para ti no meu blog...diverte-te e reactiva o blog!