segunda-feira, 8 de junho de 2009

Sem Longe e Sem Distância...


(Re)vejo-te em todas as asas que cruzam os céus

Como um Amor alado,
que ensinei a Voar...

5 comentários:

BEL disse...

Maravilhoso
Beijos
Bel

o Nosso cAstelo disse...

"sem longe e sem a distância..." pk a eternidade é o perto que mora em nós, qd alguém se tatua em nossa alma!

adoro ler-te, como sempre

bj meu, perto e sem distância ;)

Lúcia Machado disse...

Bonito pensamento :-)

Gosto mt de passar por aqui, mesmo que por vezes não comente...

beijinho e obrigada pelo "carinho"

Exploradora disse...

Linda foto,perfeita legenda.
E que bom que é voar e ensinar a voar :-)

Beijos

Pétala disse...

Que lindo, achei teu espaço maravilhoso, leve e feminino. Quanto ao poema, compreendi a sensação de não usufruir daquilo que se ensinou...
Bonito demais!

Beijos e pétalas.