segunda-feira, 14 de junho de 2010

...


... Chovem gotas de silêncio na maré vazia de palavras...

Volto logo... (que a "chuva" acabe)

:)

Até já...

5 comentários:

Secreta disse...

A chuva acabar é dificil, mas, pode sem duvida parar...

Afrodite disse...

Vais ver que sim, ela vai parar ;)

joão marinheiro disse...

Demasiada chuva de uma vez só...
Abraço de mar

Marco Mangas disse...

Essa chuva incessante que teima em não parar...

Adorei o blog.

Bons devaneios...

Marco Mangas

Gaivotadourada22 disse...

Maravilhoso Poema, Poetisa...

Muitas vezes os silêncios gritam e os vazios transbordam...
Aplausos!
Abraços!